Natal Sentido

Árvores de Natal

Conheça os símbolos do Natal e algumas tradições na sua decoração.

Árvores de Natal

Um dos símbolos mais populares do Natal, o Pinheiro não pode faltar nas casas quando se fala desta data. Embora, haja países que utilizem outra árvore, o pinheiro é verdadeiramente a árvore associada ao Natal e há várias versões explicam esta associação.

Uma das explicações é que o formato triangular do pinheiro representa a Santíssima Trindade.

A outra explicação é a mais natural: durante o inverno a maioria das árvores perde a folhagem. A exceção? As árvores de folha perene como o pinheiro, o abeto e os azevinhos, que mantêm as folhas verdes todo o ano. Por esta razão, passaram a ser especiais, simbolizando a esperança de melhores dias.

No século XVI (em 1539 segundo alguns autores), na Alemanha, surgiu o costume de enfeitar as árvores de Natal. Este costume alastrou pelos países europeus sendo que na América Latina, o costume de enfeitar o pinheiro de Natal, surgiu apenas no século XX.

Relembre a História do Pinheiro de Natal que explica a tradição de enfeitar o Pinheiro de Natal.

História do pinheirinho de Natal

Quando o Menino Jesus nasceu, todas as pessoas ficaram alegres.

Crianças, homens e mulheres vinham vê-lo, trazendo presentes pobres e ricos.

Perto do estábulo, onde dormia o Menino Jesus, num berço de palha, havia três árvores: uma palmeira, uma oliveira e um pinheiro.

Vendo aquela gente que ia e voltava, passando debaixo dos seus galhos, as três árvores quiseram também dar alguma coisa ao Menino Jesus.

– Eu vou dar a minha palma maior e mais bela para que ela abane docemente o Bebé. - disse a palmeira.

– Eu vou apertar as minhas olivas, o óleo servirá para amaciar os seus pezinhos. - disse a oliveira.

– E eu? Que posso dar? - perguntou o pinheirinho.

– Tu?? - responderam as outras.

– Tu não tens nada para dar! As tuas agulhas pontiagudas podem picar o Menino Jesus.

O pobre pinheirinho sentiu-se muito infeliz e respondeu tristemente:

– É mesmo. Vocês têm razão. Nada tenho para oferecer.

Um anjo que estava ali perto, escutou a conversa e teve pena do pinheirinho, tão humilde, tão triste, que nada podia fazer porque nada possuía.

Lá no céu as estrelinhas começavam a brilhar. O anjinho olhou para o alto e chamou-as.

No mesmo instante elas desceram com boa vontade e foram colocar-se sobre os ramos do modesto pinheirinho que ficou iluminado.!

Lá no bercinho, dentro do estábulo, os olhos do Menino Jesus brilharam ao ver aquela árvore tão linda!

É por isso que as pessoas, até hoje, enfeitam com luzes o pinheiro, na véspera de Natal.

arvore-natal2

arvore-natal3

Árvores de Natal (imagem 02)
Enviar imagem por WhatsApp


Subscrever newsletter. Faça parte de um grupo especial.